Bucket hat: 10 dicas para se inspirar no seu estilo — Divulga Oeste
Posted inGeral

Bucket hat: 10 dicas para se inspirar no seu estilo

Entre as décadas de 1990 e 2000, surgiu um estilo de chapéu na moda urbana que conquistou uma geração inteira de adeptos, o bucket hat.

Ele também é conhecido como chapéu bucket ou chapéu de pescador devido ao seu formato que remete aos chapéus de palha utilizados por pescadores antigamente.

Esse chapéu teve seus dias de glória por volta do ano de 2010, mas voltou nos últimos anos muito presente no estilo dos jovens.

O chapéu bucket é democrático, combina com a noite, com o dia, com ambientes abertos e fechados, e com pessoas de diversas idades, estilos e gêneros.

O que é bucket chapéu?

Bucket hat pode ser traduzido de forma literal como “chapéu de balde”, sendo o modelo conhecido como pescador.

Ele acompanha o formato da cabeça e tem abas maleáveis, voltadas para baixo. Muitas vezes é confeccionado de tecido impermeável para ampliar sua função inicial de proteger contra a chuva.

Você pode usar seu bucket hat passeando despretensiosamente por uma rua com fachada de loja em acm.

Quem criou o bucket hat?

A grande preocupação de quem inventou o chapéu bucket não era a estética, e sim a funcionalidade.

Segundo o CR Fashion Book, a história do bucket hat começou em 1900 com fazendeiros e pescadores irlandeses que buscavam proteção contra a chuva, o que era obtido com esses chapéus devido à aba inclinada para baixo.

Como era feito de um tecido maleável, podendo ser dobrado para caber no bolso, isso também foi um grande atrativo.

Depois de algumas décadas passou a ser fabricado em algodão na cor verde-oliva para as tropas na década de 1940 e também durante a Guerra do Vietnã, ocorrida entre 1950 e 1970.

Na década de 1950, o bucket hat entrou para o hall da moda com adaptações para a moda feminina, que o inseriu em três modelos diferentes, sendo eles os estilos pílula, padeiro e cloche.

Continuando como um instrumento funcional dos profissionais que o utilizavam na moda feminina, ele acabou entrando tempos depois na moda masculina. Na década de 1960 ele começou a ganhar status fashion com a fabricação em tecidos de feltro ou rígidos.

Dessa forma alguns chapéus de feltro podem ser customizados com broches e estampas feitas com feltro autoadesivo.

Após 20 anos, a comunidade do hip-hop viu potencial nesse modelo e começou a adotá-lo para capas de álbuns e videoclipes. Big Bank Hank, do Sugar Hill Gang, foi o primeiro rapper a usá-lo em uma performance no programa de TV Soap Factory, em 1979.

O bucket hat ganhou ainda mais força nos anos de 1990 e 2000, mas nunca se caracterizou como clássico ou atemporal.

E agora mais recentemente ele ressurgiu nas passarelas depois de ter sido usado por celebridades, e acabou sendo inserido no rol de acessórios das principais marcas do streetwear e do high end.

Como usar chapéu bucket?

Não existe uma regra específica para o uso do bucket hat em seu trabalho em uma empresa de fita gomada. Já falamos que ele é super democrático, sendo versátil e ficando bem em praticamente qualquer ocasião.

Para usá-lo, não importa se você tem cabelos grandes, curtos, cacheados, lisos ou trançados, o chapéu bucket se adequa ao seu estilo.

No mercado existem vários tipos de cores, estampas e tecidos, de forma que se você prefere usar uma roupa mais social ou de alfaiataria, ele combina; se prefere uma roupa mais despojada, como moletom e uma camisa oversized, ele combina também.

Principalmente para sair para relaxar e pescar, o bucket hat é o acessório mais indicado para compor seu look.

Esse acessório confere um ar descontraído e não é considerado clássico, de forma que é melhor evitá-lo em ocasiões formais. Em outras ocasiões você deve apostar nele, como:

  • Eventos informais ao ar livre;
  • Brunchs e almoços;
  • Festivais e shows;
  • Passeios diurnos;
  • Na praia e na piscina;
  • No campo;
  • Em ambientes urbanos.

O chapéu bucket tem o poder de transformar qualquer look básico em uma produção repleta de informações de moda, podendo ganhar novas estampas com uma impressora jato de tinta.

Quem usa bucket hat?

Esse acessório saiu do túnel do tempo direto para a cabeça de famosas, fashionistas e influenciadoras digitais.

A estilosa cantora Rihanna foi uma das que se renderam ao modelo pescador. O bucket fazia parte dos modelitos de Manu Gavassi e Bianca Andrade no BBB 20.

Seja na praia, na cidade ou no campo, mulheres e homens podem apostar no acessório para destacarem suas combinações.

Dicas para inserir o bucket hat em seu estilo

Versátil, confortável e colorido, o bucket fez sucesso nos anos 1990, e como tudo que é bom volta para a moda, ele está marcando presença nas coleções de marcas de alta costura.

Indo das passarelas direto para as ruas, ele é um item indispensável no street style. Então vamos conferir como e por que inserir o bucket hat em seu estilo.

  1. Queridinho das celebridades

As famosas amam o bucket hat, de forma que no BBB 20 esse acessório não saía da cabeça das sisters que mencionamos, e elas adoram as versões neon ou pretas do chapéu.

E até mesmo fora do Brasil ele conquistou muitos famosos, como a cantora Rihanna, que os inclui muito bem em seus looks. Já pensou em se inspirar nas famosas e usar o bucket hat para ir trabalhar em sua empresa fresadora CNC?

  1. Colorido

Você pode encontrar modelos nas mais variadas cores e estilos. Aqueles nos tons pastel são os mais queridinhos, mas existem opções em tons neutros como branco e preto ou até mesmo em cores neon.

Para ousar nas combinações, aposte nas versões estampadas. Quase sempre os chapéus bucket podem ser usados dos dois lados, de forma que você tem duas estampas em um único chapéu.

  1. Perfeito para qualquer estação

Não fique pensando que o bucket hat é uma peça exclusiva do verão. Ainda que ele fique lindo com biquíni, ele também fica muito bom com peças e outras estações, até mesmo com casacos mais grossos.

Nos dias mais quentes, para visitar uma empresa de corte a laser, você pode combiná-lo com um cropped ou um vestido.

  1. Combina com todos os estilos

Ainda que você tenha um estilo mais elegante, street style ou até mesmo romântico, sempre vai haver um chapéu bucket perfeito para você, bastando escolher a cor e o modelo que mais combina com seu look.

  1. Possui vários tamanhos

Existe desde tamanhos menores até os mais largos, havendo um bucket hat para cada estilo e gosto.

Quem prefere um acessório mais delicado pode optar pelos pequenos, enquanto quem quer se proteger do sol e ficar mais estiloso pode optar pelos modelos maiores.

  1. E vários tecidos!

Assim como é a diversidade de um fornecedor de brindes personalizados, também temos grande variedade de tecidos na confecção dos buckets.

Existem opções em jeans, veludo, tule, pelúcia e muitos outros, de forma que cada peça é única e permite diversas combinações possíveis.

  1. Combinando a cor do chapéu com o look

Você pode combinar a cor do seu chapéu com o restante do look para fazer uma dupla harmônica. Invista nessa ideia de conjunto que está em alta.

  1. Brincando com estampas

Fique sabendo que brincar com estampas aumenta as temperaturas do termômetro fashionista das produções. Nesse inverno, o clássico animal print continua como uma forte tendência, e investir na estampa do seu chapéu bucket é garantia de um charme extra.

Quem prefere um look mais discreto também pode apostar no animal print nos detalhes, como na gola da camiseta, por exemplo.

  1. Texturas

Texturas diferenciadas são usadas nos buckets hat, como o veludo, que deixa o acessório com a cara do inverno.

Além disso, o modelo pespontado também garante uma textura diferente no bucket hat. Perceba que muitas vezes somente um detalhe faz toda a diferença.

  1. Usando com roupas descoladas

Você pode ainda personalizar seu bucket hat com tinta a base de água e criar suas próprias estampas. Você pode combinar seu chapéu bucket com trench coats, camisas, moletons, de forma que dá para a família inteira usar, ficando uma graça em looks infantis.

Considerações finais

O chapéu bucket sempre esteve por aí, sendo aquele chapéu prático, dobrável, pequeno o suficiente para caber no bolso, com abas ideais para se proteger do sol sem chamar muita atenção.

Ele é funcional no verão e ganha outro status no inverno, se tornando um verdadeiro acessório de moda, que dá aquele toque final aos looks, sejam femininos ou masculinos.

Como você viu aqui, ele foi inventado no início dos anos 1900 por fazendeiros e pescadores irlandeses para se protegerem do sol.

Só nas décadas de 1950 e 1960 ele foi entrar na moda com o estilo mod, surgido em Londres. Os mods misturavam o bucket hat com peças de alfaiataria de cores vibrantes e estampas geométricas, tanto coloridas como preto e branco.

Isso quer dizer que, se você investir nesse tipo de acessório, estará reavivando um pedaço da história da moda, sem falar que ele pode dar o toque final ao seu look.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

compartilhar: