Programa de cultura DevOps: por que utilizar? — Divulga Oeste
Posted inGeral

Programa de cultura DevOps: por que utilizar?

A cultura DevOps é considerada como uma das maiores revoluções que já foram criadas pela TI. 

Além disso, a cultura pode ser considerada como uma metodologia de software que une as equipes de desenvolvimento e operações. Dessa maneira, os processos tendem a ganhar mais agilidade em decorrência da colaboração e a integração. 

Vale mencionar que, a cultura DevOps, por sua vez, pode ser considerada como uma metodologia aplicável para vários tipos de negócios. Por exemplo, uma empresa que trabalha com instalação de portas, consequentemente, precisa ter agilidade nos processos que envolvem a tecnologia. 

Em resumo, “Dev” significa desenvolvimento dos produtos de software. Já o “Ops”, inclui a implantação dos produtos nos servidores e nas estratégias. Portanto, a cultura DevOps busca criar projetos de software baseados em entregas contínuas, através de fases como:

  • Desenvolvimento;
  • Testes;
  • Integração;
  • Implementação;
  • Monitoramento. 

Na maioria das vezes, os desenvolvedores criam códigos em um ambiente de desenvolvimento padrão, e trabalham com a colaboração da equipe de TI para acelerar a compilação de programas de software, e realização de testes e o lançamento de soluções. Tudo isso sem comprometer a confiabilidade. 

É interessante dizer também que, por se tratar de uma cultura ligada diretamente com a tecnologia, naturalmente, se torna um recurso que é aplicável na grande maioria dos mercados. 

Ou seja, uma loja de aquecedores campinas, por exemplo, pode adotar a metodologia para tornar seus processos mais eficientes e, consequentemente, ganhar mais notoriedade dos consumidores. 

Quais são as ferramentas de DevOps?

Para que o DevOps se torne um sucesso, é necessário selecionar as ferramentas que irão servir como base para os seus processos. 

Para que as operações acompanhem os ciclos de desenvolvimento, elas precisarão usar plataformas flexíveis e cuidar da infraestrutura da mesma forma que as equipes de desenvolvimento cuidam do código. 

Hoje, existem algumas ferramentas que tornam a administração da metodologia da cultura DevOps mais fácil. Tratando-se de desenvolvimento, temos as seguintes opções:

  • GitHub: mais usado para controlar versões de aplicações;
  • Subversion: para reconhecimento de mercado e boa avaliação;
  • Mercurial: reconhecimento de mercado e recomendação dos profissionais de TI. 

Por outro lado, temos a implementação da cultura DevOps, que usa outras ferramentas. São elas:

  • Scrum: utiliza a gamificação para as tarefas;
  • Kanban: conta com um quadro de desenvolvimento do projeto;
  • Ansible: atua no controle de configurações e implantação de aplicações;
  • Kubernetes: agrupa containers por categorização lógica. 

Agora que você já sabe as ferramentas utilizadas na DevOps, vamos conhecer quais são os benefícios dessa cultura. Confira:

Quais as vantagens da cultura DevOps?

A implementação de uma cultura DevOps nas empresas, consegue permitir novos cenários dentro de uma mesma realidade. 

Em resumo, podemos dizer que, a partir do momento que uma empresa que trabalha com a venda de tela de arame galvanizado, por exemplo, passa a ter seus processos internos e externos mais rápidos e, sobretudo, executados com qualidade. 

Em outras palavras, trata-se da otimização de processos de trabalho que possibilitam o alcance de metas escalonáveis, sem esgotar as equipes envolvidas. 

Ou seja, a automatização alcançada com a cultura DevOps diminui o retrabalho, refletindo em menos gastos para a organização. 

Como você provavelmente já sabe, o cenário está cada vez mais competitivo entre as empresas. 

Ou seja, quanto mais tempo um gestor tiver para reunir as melhores estratégias para estar nas primeiras posições de pesquisa com termos, do tipo janela para banheiro preço”, por exemplo, melhor será. 

Entretanto, para isso, é necessário ter uma cultura tecnológica que consiga contribuir para que os processos sejam mais rápidos, por isso o DevOps vem sendo bastante cotado pelas empresas. 

Além disso, esses novos processos não devem refletir na diminuição do quadro de trabalhadores, e sim, na otimização do tempo de trabalho de todos. 

Por exemplo, quando uma empresa de serviços de limpeza e conservação passa a ter uma cultura DevOps implantada, já no início, é possível notar que os processos são executados de maneira mais rápida e, sobretudo, sem haver queda no número de colaboradores. 

Ao contrário de outros tipos de culturas que costumam gastar tempo em retrabalhos, a Cultura DevOps os funcionários dedicam seu tempo para realizar melhorias e inovações de produto. 

Esse tempo usado também será dedicado para manter o funcionamento e oferecer suporte para o serviço realizado. 

Quando existe mais tempo para os colaboradores trabalharem para desenvolver melhores técnicas de aplicação de impermeabilização de vidro, por exemplo, logo esse mesmo negócio passa a ser visto com melhores olhos pelo público consumidor. 

Na pesquisa realizada pelo The Modern Software Factory Hub, foi constatado que as práticas de DevOps nas empresas conseguem gerar impactos, principalmente, no crescimento de negócios com extrema qualidade. 

A partir do momento que a cultura DevOps é implantada em uma organização, é possibilitado uma infraestrutura de processos essencial para organizações que almejam expandir suas operações de maneira rápida e contínua. Dito isso, os benefícios dessa cultura são:

  • Funcionários: adquirindo maior qualidade de trabalho;
  • Produto: onde a mercadoria poderá ser entregue mais rápido;
  • Empresa: diminuição de custos e maior qualidade de entrega. 

Até aqui, você já sabe o que é a Cultura DevOps e suas vantagens. Abaixo, iremos te mostrar como você pode iniciar com essa metodologia. Veja:

Como iniciar uma cultura DevOps na empresa?

Antes de tudo, você precisa saber que, quando se trata de diferentes ambientes, naturalmente, precisa-se de iniciativas variadas. 

Portanto, iniciar uma cultura DevOps em uma StartUp, por exemplo, será completamente diferente quando o cenário é em um ambiente corporativo. 

Em outras palavras, o que pode ser aplicado para uma empresa especializada em aplicação de parede drywall, não se aplica, necessariamente, em um negócio de agropecuária. 

Contudo, independente da empresa que pretende fazer essa implantação, é necessário respeitar alguns passos, que são:

  • Os gestores devem acreditar e confiar em sua equipe;
  • A responsabilidade é compartilhada entre todos os envolvidos;
  • As questões devem ser debatidas com sinceridade;
  • Deve haver espírito de equipe em todas as etapas. 

Como já foi mencionado neste artigo, é muito importante contar com ferramentas que possam auxiliar o cotidiano das equipes e, que através delas, seja possível quantificar o trabalho desenvolvido ao longo do tempo. 

Um fator importante que precisa ser mencionado para iniciar uma Cultura DevOps, é que os times de infraestrutura e desenvolvimento precisam estar sempre em constante contato. 

Assim, será necessário elencar um responsável da área de infraestrutura para participar das reuniões de desenvolvimento desde o princípio. 

Esse profissional trará sua visão sobre o projeto, garantindo a segurança e desempenho do produto. 

Para esse processo ocorrer da melhor maneira possível, as equipes envolvidas devem estar cientes das práticas essenciais e cotidianas para o sucesso do modelo:

  • Colaboração;
  • Integração;
  • Automação;
  • Entregas contínuas;
  • Testes contínuos;
  • Monitoramento;
  • Correção imediata. 

Por exemplo, quando se trata de uma Startup, o modelo mais utilizado envolve mais aplicação, pois não estão enraizados processos antigos como acontece em ambientes corporativos. 

Além disso, a menor hierarquia e burocracia permitem a implantação mais natural da cultura. Cabe, apenas, aos gestores promoverem um ambiente que possa possibilitar o contato e aprendizado constante da equipe. 

Ao se tratar de ambientes corporativos, o ideal é que um profissional externo e já habituado com a cultura possa internalizar e incentivar os processos para as equipes. 

Antes de tudo, você precisa saber que trata-se de um processo relativamente lento, e que precisará de apoio constante dos gestores de alto escalão. 

Conclusão

Neste conteúdo, procuramos reunir todas as informações importantes que estão relacionadas à cultura DevOps. 

Mais do que isso, o artigo tem o objetivo de reforçar que essa cultura consegue aproximar as equipes de desenvolvimento e operação, entregando produtos com mais agilidade e qualidade.

Além disso, vale mencionar também as empresas que já usam a cultura DevOps em seus processos. São elas:

  • Adobe;
  • Facebook;
  • Target;
  • Netflix;
  • Sony;
  • Nordstrom. 

Estas são, portanto, as principais empresas que já utilizam a cultura DevOps em seus processos. 

Dentro de um cenário tão competitivo que é entre as empresas, ter uma metodologia que consegue entregar eficiência e resultado, é de fato, um aspecto que consegue ganhar destaque. 

Hoje no mercado, muitas empresas conseguem se destacar a partir do momento que adotam práticas diferentes da concorrência. Isso é válido tanto para empresas que trabalham com caçamba estacionária para entulho, quanto para uma loja virtual. 

No caso, implementar o DevOps em uma empresa é, de fato, um fator que pode ser um diferencial fundamental para colocar o negócio em outro patamar. 

Portanto, neste artigo, além de deixar evidente a necessidade de implantar a cultura DevOps em um negócio, também procuramos mostrar como essa metodologia consegue ser útil para as empresas que buscam estar em uma posição mais confortável no mercado. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

compartilhar: